Por que você deveria assistir 13 Reasons Why

RafaelaRamos

Hello peoples!

Sei que faz tempo que não publico nada por aqui. Talvez por falta de tempo ou por criar desculpas pra mim mesma para não fazê-lo. Mas enfim! Não é sobre minha ausência que venho falar com vocês hoje e sim sobre a nova série da Netflix – 13 Reasons Why.

Enroladas-blog-reprodução-internet

Reprodução da Internet

Confesso que meu interesse por ela se deu após diversas publicações de amigos indicando-a no Facebook. No meu tempinho livre mergulhei na história de Hannah, personagem principal da trama. Me envolvi tanto que assisti aos 13 episódios em 2 dias.

Então vamos lá! Já vou deixar claro aqui que o que vem a seguir são minhas percepções com relação a série e não uma análise aprofundada de um crítico. Aqui estou mais pra Gloria Pires comentando o Oscar com a ressalva de ter assistido tudo antes, rs. Brincadeiras a parte…

A história é dividida em 13 episódios que seguem a sequência de fitas gravadas por Hannah Baker, que após sofrer bullying e assédio de colegas do Ensino Médio comete suicídio. Sim, é sobre suicídio e as razões que levaram a adolescente a tomar essa decisão. Sem spoilers, só vou citar aqui os nomes dos personagens principais em torno dos quais tudo acontece: Cly Jensen, Tony,  Tyler, Alex, Justin, Jessica, Bryce, Cheerleader, Zack, Marcus, Mr. Porter.

A cada episódio reconhecia coisas comuns no nosso cotidiano, principalmente, no cenário escolar. Me lembrei das listas classificatórias que sempre rolaram, nas quais cada pessoa era classificada não pelo seu intelecto ou outras qualidades que deveriam vir à frente do físico. Me lembrei das risadas nos corredores quando alguém, que na nossa cabeça era diferente de nós, passava. E não me orgulhei nem um pouco disso.

A escola e a vida podem ser cruéis com os outros, e por vezes, mesmo sem perceber, estamos no grupinho das pessoas que fazem outras sofrerem. O problema é que nós normalizamos tudo e classificamos boa parte dos problemas como mimimi, termo muito usado atualmente. 13 Reasons Why é uma ficção, mas pode ser uma realidade na vida de muita gente.

Não só a crueldade mental foi exposta, mas também agressão física e aquele velho hábito de dizermos que as coisas acontecem por culpa da vítima. E não é assim que as coisas funcionam. Estupro foi outro tema abordado na trama. É forte, sim. Mas necessário para fazer diversas pessoas pensarem: será que o julgamento que estou fazendo é mesmo o correto? O personagem fala: “Não estuprei ninguém, ela queria” (a fala não é exatamente essa, mas foi esse o recado que foi passado) quando na verdade a cena deixava claro que tudo aconteceu contra a vontade da vítima.

No geral a série deixa claro que a sociedade faz com que torturas psicológicas e físicas sejam vistas por nós como algo normal. Nos condiciona a não sentir nada ou muito pouco, a não nos colocarmos no lugar do outro antes de tomar qualquer atitude, antes de fazer uma “brincadeira inocente”. Ela mostra o quanto boatos podem acabar, literalmente, com a vida do outro.

Por vezes fiquei angustiada com tudo aquilo e me coloquei no lugar de Hannah. Lembrei que em algum momento da vida vivi alguns impasses parecidos, mas que não me afetaram tão profundamente, pois, sempre tive alguém ali para me confortar. Pena que não é assim com tudo mundo. E por isso precisamos mais do que nunca sentir empatia pelo outro. Um bom dia/como as coisas estão? Pode sim mudar a vida de muita gente.

A série surgiu no momento propício, em que muitas pessoas, se não todas, precisam fazer essa reflexão de vida. Qual o meu porque na vida do outro? Será que já fui responsável pelo sofrimento do outro ou fui motivo de alegria na vida dele? Sério, separe um tempo e assista. Aposto que você vai terminar os 13 capítulos como uma pessoa melhor, que se coloca no lugar do outro antes de agir. Pelo menos eu decidi abandonar velhos hábitos que eu achava ok, mas que na verdade não eram.

Beijos e até qualquer dia =)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s