Esquadrão Suicida – O que achei do filme

RafaelaRamos

Oi lindezas! Tudo bem com vocês?

Ontem fui ao cinema assistir ao tão esperado Esquadrão Suicida. Confesso que sou fã dos personagens pelas animações que acompanhava quando criança e não através da leitura das HQs que contam suas histórias. Por isso a opinião aqui é de uma admiradora dos personagens e não de uma expert em cinema ou na real história deles.

Esquadrão Suicida

Foto reprodução da Internet

A maioria das pessoas que leem alguma história reclama quando a mesma é adaptada para o cinema. Isso acontece pelo fato dos diretores fazerem muitas modificações no enredo original. Então provavelmente, quem é fã das HQs não gostou muito do filme.

A trama começa a partir do final do filme  Batman Vs Superman – A Origem da Justiça. Amanda Waller (Viola Davis) com receio de que o próximo Superman coloque em risco a segurança dos Americanos e do mundo apresenta ao governo um ambicioso projeto, que consiste em colocar os mais temidos criminosos a solta para combater forças sobre-humanas.

Os escolhidos são: Arlequina (Margot Robbie), Pistoleiro (Will Smith), Bumerangue (Jai Courtney), Diablo (Jay Hernandez), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje) e Magia (Cara Delevingne), que se juntam a duas peças das forças do governo, Rick Flag (Joel Kinnaman) e Katana (Karen Fukuhara). Formando assim o Esquadrão Suicida.

As histórias de cada personagem são apresentadas de forma bem apressada. Os únicos que tem maior destaque são Arlequina e o Pistoleiro. Sabe-se que a versão original do longa passou por alterações após as críticas ao filme Batman Vs Superman – A Origem da Justiça, sendo gravadas novas cenas para integrar os cortes.

Voltando a história… a coisa fica feia quando Magia decide se libertar do controle de Amanda Waller. Para isso a bruxa precisa recuperar seu coração, que está com Waller, trazendo seu irmão de volta a vida para ajudar nessa tarefa. Revoltada com a mudança dos humanos decide construir uma máquina para destruir o mundo. Para tudo nessa hora! Comparando a todas as produções anteriores, a todas as ameaças que o mundo sofreu etc. essa foi de longe a pior. A personagem fazia umas caras de quem estava com prisão de ventre e não de quem iria destruir o planeta. Fora as dancinhas, sexy sem ser vulgar. Rs

No geral o filme tem cortes brutos e várias vezes ficamos perdidos no enredo. A impressão que dá é que estavam com pressa de terminar logo a história. Outro ponto que deixou muito a desejar foram as aparições do Coringa. Fui ao cinema cheia de esperança de ver uma super interpretação de  Jared Leto, que segundo especulações superaria Heath Ledger. Sério, não foi nem 1 décimo do que os trailers fizeram parecer que seria. Decepção.

Suas poucas aparições serviram, no geral, para romantizar a relação abusiva entre ele e Arlequina. Quem conhece um pouco sobre a história dos dois sabe que a relação não envolve amor recíproco e sim controle dele sobre a personagem feminina. Esse abuso só pôde ser visto nas poucas cenas em que ela é torturada por ele ou colocada em situações de risco proposital. No mais fica parecendo que ele se importa e ama Arlequina com toda força, fazendo o impossível para protegê-la. O close foi tão errado que na internet é fácil encontrar meninas que sonham em ter um “coringa” em sua vida. Fora as diversas montagens com os personagens que fazem parecer que Arlequina e Coringa são o casal dos sonhos.

Arlequina e Coringa

Foto reprodução da Internet 

Arlequina e Coringa

Foto reprodução página Coringa e Arlequina 

Por falar na personagem, destaque para ela e Pistoleiro, um dos melhores da trama. Talvez por serem os que tiveram maior tempo em cena e protagonizaram as melhores cenas, principalmente, as de humor (não é aquele humor estilo Deadpool tá gente, se bem que tentaram dar uma imitada de leve). O resto do time fica lá meio esquecido e só fazem número mesmo. Destaque também para Viola Davis, que interpreta Amanda, a personagem dá mais medo que os próprios vilões e se impõe diante de personagens claramente mais fortes que ela. Durona o tempo topo.

Sr. Batman faz algumas aparições e dá seu recado. A trilha sonora foi um dos destaques pelas ótimas músicas, mas sinceramente, não se encaixavam bem na trama. As melhores cenas apareceram nos trailers durante a divulgação do longa. Dessa forma não sobrou nada de super interessante para os cinemas. Uma pena!

Após os créditos temos cenas importantes. Então fique sentadinho e aguarde. Agora a grande expectativa fica por conta do filme sobre a Mulher-Maravilha. Vamos esperar os próximos capítulos…

Espero que tenham gostado das minhas impressões sobre o filme. Lembrando que não sou nenhuma expert no assunto. Se você conhece a fundo a história, ou não, e foi ao cinema comente aqui o que achou.

Beijos e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s